Resenha: Ame o que é seu



Título: Ame o que é seu
Autor: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788599560532
Edição: 1
Ano: 2008
Número de páginas: 312
Skoob - Oficial


Sinopse
Esta é uma história para quem algum dia já se perguntou: ”Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado?”. O casamento de Ellen e Andy não parece perfeito, ele é perfeito. São inegáveis a profundidade da devoção mútua e o quanto cada um desperta o melhor no outro. Mas por obra do destino, certa tarde, Ellen revê Leo pela primeira vez em oito anos. Leo, o que revelou o pior nela. Leo, o que partiu seu coração sem se explicar. Leo, o que ela não conseguiu esquecer. O reaparecimento de Leo desperta sentimentos há muito adormecidos, e Ellen se põe a questionar se sua vida atual é de fato como ela queria que fosse.
Minha opinião:
A parte mais difícil de falar sobre um livro da Emily, é que são livros que entram na sua mente de tal forma que é difícil se desligar. Você vive a vida dos personagens enquanto lê, é inevitável.
Assim como em 'Questões do Coração', o livro aborda a traição. Ela não aborda a traição consumada em si, mas nos faz pensar sobre quais atitudes que temos que podem ser consideradas uma traição com nosso(a) companheiro(a).
O livro é todo narrado pela protagonista Ellen, que começa contando como o seu casamento com Andy é perfeito. O marido cavalheiro, que procura agradá-la sempre e é companheiro. Porém, quando ela reencontra Leo, um ex que praticamente desmoronou a vida dela no passado, trás de volta todos os sentimentos não resolvidos no passado.
...Andy é o oposto de um controlador. Uma mistura de advogado com garoto surfista, despreocupado, na linha "viva e deixe viver". (Página 39)
Como o livro começa já com a protagonista casada, anos depois de seu rompimento com Leo, é através das lembranças de Ellen, que tomamos conhecimento de tudo que aconteceu: como começou a sua amizade sólida com Margot, como ela conheceu Leo, e principalmente, como começou a se relacionar com Andy, irmão de Margot.
A protagonista é uma mulher realizada profissionalmente como fotógrafa, segura e muito amada não só por seu marido, mas por sua família também, ao contrário do que eu esperava ao ler a sinopse do livro. O livro é bem leve, a leitura não se torna massante em nenhum momento, mesmo tendo uma parte que Ellen começa a enxergar defeito em tudo se tornando fútil e chata na minha opinião, mas nada que atrapalhasse meu envolvimento com a história, afinal ela é bem próxima da nossa realidade, e isso torna tudo mais tolerável.
Apesar de Andy ser o marido dos sonhos, Ellen tem uma história mal resolvida com Leo e é isso que constrói todos os conflitos abordados no livro. Ela começa a pensar em tudo que poderia ter sido diferente, em como ele a fazia sentir e se realmente o que tem é o que ela esperava ter em um casamento.
Leo é aquele tipo de homem que faz a vida de qualquer mulher um tornado de emoções: amor, ódio, paixão, desejo e desilusão tudo em um relacionamento só.
Assim como em 'Questões do coração', todos os personagens são bem desenvolvidos durante a história e não fica nada pendente, tudo é bem finalizado.
Eu fiquei tão envolvida que nas partes finais em que tem o desfecho dos conflitos eu não consegui parar de ler até acabar.
Enfim, recomendo que leiam esse livro pois ele é envolvente e com certeza nos faz repensar a nossa postura diante de um relacionamento.

Outros quotes de destaque:
- Mas afinal, por que você chegou tão cedo? - perguntei.
- Porque senti sua falta! - disse ele sorrindo. (Página 42)
Os ricos diferem entre si tanto quando os menos favorecidos. Uns trabalham duro, outros são preguiçosos. Uns se fizeram na vida, outros nasceram e berço de ouro. Uns são modestos e despretensiosos, outros, pomposos e vaidosos. (Página 52)
E parecia mesmo complicado, na medida que todos os rompimentos são complicados para as partes envolvidas. Mas a realidade crua é muito mais simples. É mais ou menos assim: uma pessoa deixa de amar a outra, ou simplesmente percebe que desde o começo nunca esteve apaixonada, desejando poder retirar tudo que disse, todas as promessas feitas do coração.  (Página 63)
- Você nunca ouviu dizer que o amor verdadeiro torna a pessoa melhor? Coloca a gente para cima? (Página 65)
Eu sempre acreditei que reclamar da pessoa com quem se está casado muitas vezes é pior do que a tração fisíca; eu talvez preferisse que o Andy beijasse outra mulher do que dissesse a ela, por exemplo, que eu beijo mal. (Página 227)
E talvez seja nisso que se resume tudo. O amor, não como uma manifestação de paixão, e sim como uma opção pelo compromisso com algo ou alguém, sejam quais forem os obstáculos pelo caminho. E talvez, ao fazer essa opção vez após vez, dia após dia, ano após ano, diga mais sobre o amor do que nunca ter que fazer escolha alguma. (Página 300/301)

37 comentários:

  1. Quero ler todos os livros que vejo resenha.
    Mas em especial porque me roubaram '-' tinha comprado, pois a capa me lembra Amelie Poulain, 1° resenha que li dele, a história parece envolvente e forte.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo os quotes *--*
    O livro parece ser bem fofo. Ainda não li nenhum livro da Emily, mas pretendo com certeza ler "Ame o que é seu".
    A sinopse me chamou atenção sabe?

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é ótimo, melhor que Questões do Coração - penso eu. Ainda não li O Noivo da minha melhor Amiga, espero que seja tão bom quanto!

    ResponderExcluir
  4. Sou fã da Emily, já li 3 livros dela só falta Questões do Coração....adorei sua resenha Fer...Bjos!!!

    ResponderExcluir
  5. Isso é do ser humano, querer o que não se tem. Ou, ainda, querer alguém que já ficou pelo caminho, tão somente pelo fato que não ficamos satisfeitos em errar apenas uma vez. Queremos errar novamente, só pra ter garantias. Melhor ficar só.

    ResponderExcluir
  6. Ps: Muito legal seu blog de resenhas. Estou iniciando o meu, está meio parado, enfim...

    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Tenho certeza que irei adorar esse livro, pois tenho vontade de lê-lo há meses, mas nunca consigo comprar =/
    Adorei sua resenha, acho que é uma das poucas que já li sobre ele e que realmente me deixou mais interessada ainda.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  8. Ooooi!
    Esse livro chegou pra mim semana passada e sempre tive vontade de lê-lo *-*
    Imagina minha felicidade né?
    Adorei tua resenha! Fiquei ainda mais curiosa!


    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  9. Adorei a sua resenha! Eu confesso que não tenho tanta vontade de ler o livro ;~ Mas eu daria sim uma chance a ele.

    Abraços!
    Igor Gouveia
    http://25conto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha! Ela é o tipo de escritora que envolve o leitor! Tenho Questões do Coração e pretendo ler em breve! Já que "Nick Pilantra" como diz a Laira parece ser um personagem magnífico!!! Adorei esse tb e devo colocar na listinha!

    ResponderExcluir
  11. Fernanda, seu blog tá arrasando! Cada dia melhor! Estou acompanhando a sua dedicação de perto e muito feliz por você!
    A resenha ficou ótima e eu estou louca para ler esse livro. Comprei muitos livros no Natal, alguns que nem foram entregues ainda (pela Amazon), mas não posso deixar de ter na estante um livro que toca num tema que vivi de forma muito semelhante na minha vida. :o)
    Beijocas,

    Lu
    www.equinocioaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Consegui esse livro e o mesmo já tá autografado, mas ainda não li, rs. =x
    Agora, com sua resenha, fiquei mais curiosa. ^^

    ResponderExcluir
  13. AI, amei sua resenha, agora eu quero esse livro pra ontem!!
    eu li questões do coração, e fiquei apaixonada pela escrita dela, porque ela consegue envolver o leitor de tal maneira, que foi impossível largar o livro antes do final.
    Mas ela tem uma coisa com traição né...rs
    bjos

    Jack
    www.mybooklit.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Adorei a tua resenha! Sempre tive curiosidade por esse livro (ainda mais depois de ler "Questões do coração", que eu amei!), mas a capa nunca me chamou a atenção. Gostei de saber que trata de traição e que ele não se torna cansativo, mesmo a Ellen sendo chata, haha.
    Você me conquistou, vou lê-lo =D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha, muito instigante! Quero ler também. Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Nunca tinha ouvido falar desse livro antes, mas a capa me interessou bastante..fiquei curiosa agora em relação ao que vai acontecer....adorei mesmo esse livro, e essa capa..muuito linda!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Uhul, amo estórias complexas, gostei da resenha... ficou ótima, ansiosa para ler o livro...
    Ame o que é seu, título muito interessante e reflexivo !!
    A-mei !!

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito da premissa do livro, uma história sobre traição, ou sobre a tentação de trair, um ex que volta para abalar a vida aparentemente perfeita da protagonista. Lerei com certeza.

    ResponderExcluir
  19. ohhh adorei o livro, parece ser mto bom!!!

    sua resenha só me deixou com vontade de ler rsrsrs

    ResponderExcluir
  20. Ai ai, gosto de livro que entram dentro da gente, ou melhor livro que a gente entra dentro deles. O assunto traição é realmente uma constante em vários livros e sempre dá o que falar, sempre é envolvente, porque volta e meia nos deparamos com essa bandida e embora não saibamos como lidar, parece que ao ler um livro cuja temática é essaa gente acaba achando que vai saber lidar com isso...

    adorei a resenha,
    bjs
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    http://delivroemlivro.blogspot.com/
    http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Esse livro tem tanto sobre mim, é uma coisa absurda. ”Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado?” , já me fiz essa pergunta inúmeras vezes. É complicado. Nunca li nada da Emily, e quando começar, começarei por esse, sem sobre de dúvidas.

    ResponderExcluir
  22. Quero ler todos os livros dela! Não sei se vou conseguir, mas vou tentar.

    ResponderExcluir
  23. Livros assim são deliciosos, não? Que nos fazem refletir, mas mais que isso, nos envolve com suas personagens como se fossem conhecidos nossos. Estou curiosa para ler algum livro da autora.

    ResponderExcluir
  24. O único livro da autora que li foi Presentes da vida
    E me apaixonei!
    Agora quero ler ols outros livros dela
    E como sempre leio resenhas positivas sobre este livro, fiquei com muita mais vontade de ler depois da sua resenha

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Me identifiquei bastante com a história de Ellen. Um amor que nao foi esquecido, isso é lindo gente haha
    Parabens pela resenha, ficou muito legal.
    Beijos , Pri.
    http://www.way-2happiness.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Tenho muita vontade de conhecer esse livro ^^

    Aliás, todos os livros da Emily Giffin.
    Suas resenhas são tão cheia de emoção <3 gosto disso, e também gosto da forma com que a autora define e resolve as questões dos seus personagens... ela nao deixa amarras soltas. xD

    ResponderExcluir
  27. Apesar de achar esse o livro mais fraquinho dela, eu queria!!! Ah se queria!!! Os cotes, olha a vontade de ler que eles dão! *-*

    ResponderExcluir
  28. Amo Emily Giffin. Ela é a melhor escritora do gênero, sem dúvida nenhuma.
    O tema de todos os livros dela é traição? hahaha
    Eu ainda não li esse livro, acho que é o último que eu ainda não li dentre os que já foram lançados no Brasil.
    A sua resenha me conquistou porque posso imaginar que também irei gostar da trama. Obrigada.

    Parabéns pela escrita.

    Beijones,
    Amanda Melanie
    Literatura em Série

    ResponderExcluir
  29. Poxa, amor que volta pra atormentar é um assunto muito delicado... é dificil apagar algo que foi muito profundo e que doeu demais... O amor é algo tão complexo né? Mas apesar de tudo vou torcer por Ellen e Andy :)

    ResponderExcluir
  30. Emily é tudo!!!
    Quero muito ler esse livro, resenha massa, so me deixou com mais vontade de ler logo, assuntos delicados sempre me pegam mesmo, ja vou preparar os lenços kkkk
    bjuss

    ResponderExcluir
  31. Esse foi o primeiro livro da Emily que li. Realmente é incrível!
    Sua resenha conseguiu expressar exatamente o que senti.

    Beijos,
    Mariana M.

    ResponderExcluir
  32. Poxa... A mulher com um maridão perfeito e querendo ir pro lado do cara que só a fez sofrer.

    Pq todas nós somos assim?
    Essa n é uma estória de ficção poderia facilmente acontecer com qualquer uma.

    Bjus

    Nâna

    ResponderExcluir
  33. Oláá
    Adorei a capa do livro, muitooo lindaaa

    Como também não li esse livro, a sua resenha me dexou com muita vontade de ler, quando tiver tempo vou ler !

    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Ainda não li nenhum romance desse tipo, mas parece ser bem legal, os quotes muito bons e me trouxe certa curiosidade haha (;

    ResponderExcluir
  35. Jenniffer Puerta12 de maio de 2012 18:46

    Nunca li nada da Emily e já estou começando a ficar arrependida por isso....sempre que tenho a oportunidade de adquirir um livro dela, acabo protelando e deixando para uma próxima vez.
    Já li dezenas de resenhas sobre os seus livros e confesso que ainda não vi nenhum comentário negativo....deve ser porque a autora sabe escrever sobre assuntos delicados de uma forma leve, porém interessante e envolvente, prendendo a atenção dos leitores.
    Estou participando da sua promoção e espero ser a sorteada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  36. Uau este é um de meus livros
    favoritos.. rsrsr
    Amei lê-lo...

    Parabéns pela resenha e pelos quotes.

    Beijokas!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião, me ajuda a melhorar o blog :)
Mas não se esqueça de ser educado. Comentários que contenham ofensas serão imediatamente excluídos.